2+1 = Primeiras semanas em Londres

E já se foram as primeiras semanas na terra da Rainha! Foram intensas e LOTADAS de descobertas em que eu pude perceber alguns sentimentos dessa louca cidade e que quero compartilhar com vocês.

(E, claro, adorarei comentários se concordam/discordam das minhas opiniões!)

sun winter

  • Estamos em fevereiro, no final de um inverno rigoroso. Sol? De vez em quando, mas é aquele solzinho de “enganar turista”, que acha que pode sair com menos blusa. Não reduza o KIT FRIAGEM! O sol se põe às 17hs e virá uma chuva chata, um vento cortante e um arrependimento gigantesco de não ter trazido aquele giga-casaco.
  • A vizinhança não irá te cumprimentar. Fato!
  • Tem realmente gente do mundo todo por aqui, inclusive de países que você nunca ouviu falar.
  • Os ingleses conversam entre si. Os indianos conversam. Os chineses. Os latinos. Os franceses. Os italianos. E quando todos eles decidem “gastar” o inglês com seus sotaques impossíveis de ser entendidos.
  • Os mercadinhos dos indianos nos bairros salvam a vida! Mas não  conte com cordialidade, limpeza e simpatia, porém podem ser uma    boa opção para comprar comida e fugir do junkfood.
Camden Market foods

Camden Market foods

  • Todo mundo pode ser o que quiser. Vestir-se, ouvir, agir e viver como quiser.
  • Uma vida saudável é MUITO mais cara. Uma caixa de chocolates KitKat por apenas £1? Desaforo certo!
  • As mulheres muçulmanas não se sentam no metrô.
  • Os “China” já dominaram o mundo!
  • Brasileiros são facilmente reconhecidos. Uma rápida voltinha na Primark (big-loja de departamentos na Oxford Street) e você poderá se divertir com as expressões de choque pelos preços baixos. Fique perto, somente ouça e se divirta.

Primark2

  • Voltar para casa em um nightbus (linhas específicas que circulam de madrugada) pode ser uma experiência antropológica. Podemos sentir que tudo funciona, mas o metrô pode entrar em greve! Resultado: caos na cidade e eu vivi isso na minha primeira semana!
Muitas pessoas nas ruas esperando bus pela greve do Metro.

Greve no Metro.

  • O trânsito é uma bagunça. Tem gente do mundo inteiro dirigindo em uma cidade em que a “mão” é ao contrário! Não sei se é por conta de toda essa imigração, mas pedestres não são respeitados e são folgados.
  • É uma cidade em que muita gente fuma e faltam lixeiras na rua.
  • Você só poderá conhecer realmente a cidade se andar por ela! Descobri algumas coisas bem legais e compartilho com vocês:

NATIONAL PORTRAIT GALLERY:

Desde 1856, a Galeria abriga a maior coleção de retratos do mundo.

Desde 1856, a Galeria abriga a maior coleção de retratos do mundo.

Numa entrada na lateral esquerda da NATIONAL GALLERY em Trafalgar Square, temos essa exposição fixa de retratos. São algumas salas com retratos MUITO interessantes que contam a história da família real britânica e de pessoas importantes para o país.

National Portrait Gallery

Atenção ao retrato de William Shakeaspeare em sua única imagem oficial. E, claro, a sala com os retratos contemporâneos, que vão desde uma impressionante Margareth Tatcher, The Beatles, a Rainha Elizabeth, Lady Diana, entre outros.

Não deixe de conhecer as duas novidades na exposição: Amy Winehouse (Linda foto!) e a Kate Middleton em uma carismática pose.

Paul Emsly e seu retrato de Kate Middleton, patronesse da Galeria.

Paul Emsly e seu retrato de Kate Middleton, patronesse da Galeria.

FULANO VIVEU AQUI: 

Uma das várias atrações dessa cidade, sem dúvida são as pessoas que vivem/viveram nela. E nós, como bons turistas e curiosos que somos, adoramos conhecer os lugares onde personagens famosos da história viveram.

20140224-172244.jpg

E para nos ajudar, o governo local adotou uma identificação em casas e locais históricos, são as BLUE PLAQUES.

Existem nomes bem legais, como VAN GOGH, Sherlock Holmes, Agatha Christie, Darwin, etc…

Claro que ainda não visitei todos (e tem muita gente que não faço ideia de quem seja), mas vale consultar essa lista na Wikipedia: List of Blue Plaques

Um endereço que visitei neste final de semana, foi a casa da cantora Amy Winehouse em Camden Town, mas isso é assunto para outro post: As músicas e músicos ilustres de Londres!

See you! 🙂

(Artigo de André Castro, nosso colaborador durante o período em que morou em Londres.)

Anúncios

Um pensamento sobre “2+1 = Primeiras semanas em Londres

Os comentários estão desativados.